Ura reversaVimos anteriormente o que é Voicer: uma mensagem de áudio disparada a centenas de telefones ao mesmo tempo. No artigo de hoje, queremos que você entenda mais sobre o que é a URA Reversa e quais os benefícios de utilizá-la em sua empresa.

Basicamente, a Ura Reversa funciona exatamente como o Voicer. Porém com a possibilidade de interações do cliente por meio de menus com opções em que ele poderá escolher e assim ser direcionado para novos setores da empresa. Na URA reversa existe a opção de o consumidor ser transferido para um atendente. Esse tipo de abordagem é particularmente útil para fazer uma pré-qualificação do cliente e já transferir a pessoa na linha para ser atendida por um agente humano, aumentando substancialmente o contato com o setor correto.

Para não restar dúvidas sobre o assunto, temos um artigo completo sobre o que é URA.

Quais os benefícios da URA Reversa para minha empresa?

Ao utilizar o serviço de Ura Reversa, a empresa vai conseguir agilizar o atendimento, diminuir o tempo de venda e aumentar a produtividade.

A URA permite que você faça um bom direcionamento das demandas de vendas e atendimento. De forma que o vendedor receberá apenas ligações que são sobre um assunto específico. A ferramenta identifica o motivo do contato antes que ele seja direcionado ao vendedor.

Além disso, ao iniciar o atendimento, o cliente já terá informado à URA Reversa alguns dados necessários e o vendedor já estará ciente do assunto a ser tratado. Isso pode reduzir o tempo de venda em até 50%.

Vale ressaltar que para a URA atingir o objetivo é essencial que sua empresa tenha um CRM que configure com o equipamento e uma equipe de TI que faça essas integrações. Se você ainda não possui uma equipe de inteligência e um CRM eficiente, estude a possibilidade de adquiri-los imediatamente.

Como não usar a URA Reversa

Vale ressaltar a importância de não confundir o uso da URA Reversa com envio de SPAM. Não faz sentido utilizar a URA Reversa para enviar mensagens à uma lista de contatos não qualificados, somente porque ela possui um melhor custo x benefício. Agindo dessa forma há uma grande chance da receptividade por parte dos clientes ser igual a zero e ainda pior, manchar o valor da sua marca enviando SPAM aos contatos.

O ideal é usar a URA para entrar em contato com os leads já qualificados e já nutridos. Filtre da sua lista os leads que já estão no momento da compra e envie a mensagem somente para eles.  Os que ainda não estão preparados e nutridos devem aguardar para receber contato da URA Reversa.

O que há de novo?

A tendência à automação dos trabalhos e diminuição da mão-de-obra é cada vez mais real nas empresas que buscam melhor custo x benefício e tecnologia.

As URAs reversas, já fazem uso do recurso que converte texto em voz, humanizando o contato eletrônico. Por exemplo, elas são capazes de transformar em voz o nome do cliente, o produto oferecido e seu valor. Assim, além de ouvir textos variados na interação com a URA, o cliente pode responder falando e não apenas teclando opções no telefone, o que deixa a interação mais humanizada.

Mas apesar de ser algo tentador e muito moderno, a tecnologia de vocalizar dados ainda não é tão assertiva. Podendo em alguns casos, gerar falhas e não atingir o objetivo da empresa. Além de frustrar os clientes que não terão um bom atendimento.

Analise seu negócio e identifique qual o melhor recurso da Ura Reversa para sua empresa. Nem sempre usá-la para qualquer setor fará sentido. É preciso configurá-la de forma que traga mais agilidade no atendimento e aumento da produtividade.

Continue se informando sobre o tema, leia Como realizar monitoria de qualidade no Call Center e aumentar suas vendas.

Fabiana é Analista de Marketing na empresa Gdax desde novembro de 2014. Formada em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário Newton Paiva, atualmente está cursando MBA em Gestão Estratégica de Pessoas pelo Senac Minas. Adora trabalhar com desafios e acredita que comprometimento e foco garantem grandes resultados profissionais.

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Compartilhar nas redes sociais