Produzir conteúdo de qualidade para internet não é tão simples quanto parece, é preciso atentar-se à várias regras. Saber para quem, como e quando escrever, são as principais diretrizes para produzir um bom conteúdo.

Desse modo, é indispensável planejar-se, afinal, essa é a primeira etapa do processo. É por isso que, a GDAX utiliza métodos de SCRUM e KANBAN para se organizar.

 

Produção de Conteúdo para internet

A Produção de Conteúdo para internet, é a principal base do Inbound Marketing, e surgiu para atender as novas práticas de consumo. Afinal, a tendência, hoje, é recorrer às pesquisas online quando queremos nos informar sobre algum assunto.

Desse modo, para que sua empresa tenha mais visibilidade, você não pode deixar de se adaptar também. Assim, a produção de conteúdo é ideal para estabelecer um relacionamento mais próximo e eficaz entre empresa e cliente.

Pensando nisso, preparamos 10 dicas especiais dos produtores da GDAX, para ajudá-lo a aprimorar seus conteúdos. Além disso, mostraremos a diferença entre a produção própria e a terceirizada, para que você possa identificar qual é mais adequada para seu negócio!

 

10 dicas para produzir um conteúdo de qualidade para internet

Para ajudá-lo nesse desafio, mostraremos 10 dicas essenciais para qualquer produtor, veja!

 

1) Planeje bem o seu conteúdo

O planejamento consiste nas etapas pré-produção do conteúdo, ou seja, na definição do que será produzido, para quem e como será produzido. Desse modo, é fundamental especificar a persona para quem você irá escrever.

É importante definir em qual etapa do funil de vendas ela está, para que seu conteúdo consiga suprir as necessidades naquele momento. É também nesse momento que a palavra-chave é definida, o que torna essa etapa essencial.

Além disso, é preciso organizar-se. Afinal, os produtores de conteúdo precisam saber qual será a ordem de produção, para que o site fique coeso e para que exista uma boa ramificação desses conteúdos. Para isso, a GDAX utiliza os métodos SCRUM e KANBAN.

O que são os métodos SCRUM e KANBAN?

O SCRUM é um método ágil para gestão e planejamento de projetos de Software. Esses projetos são divididos em ciclos, chamados de SPRINTS. Um período determinado, para que as atividades sejam concluídas.

 

O KAMBAN (palavra japonesa que significa “quadro visual) também é uma metodologia de organização. Ela se baseia na utilização de cartões coloridos, normalmente post-its, que são fixados em um quadro que indica o fluxo das demandas de produção. Esse quadro é dividido em 5 partes, nas quais são identificados:

 

  1. O responsável pela demanda
  2. As demandas a iniciar
  3. As que estão sendo executadas
  4. As que estão em teste
  5. As que já foram concluídas

 

Dessa forma, nossos produtores trabalham sempre com transparência e seguindo as necessidades de nossos clientes.

 

Esses métodos são excelentes para organizar a produção de conteúdo. Essa distribuição é feita por ordem de urgência na GDAX, seguindo as necessidades de nosso clientes.

 

2) Atente-se aos hábitos e interesses da sua persona

Se você tem uma persona definida, já sabe que é importante atentar-se à linguagem e aos termos usados na produção. Então, antes de produzir um conteúdo, é preciso pesquisar os interesses de quem você deseja atingir.

Além disso, é preciso sempre unir esses dois aspectos: o que minha persona quer ler e como posso oferecer isso a ela, sem fugir do foco da empresa.

Outro ponto importante é seguir os hábitos da sua persona. Se você sabe que ela costuma utilizar a internet mais comumente no período da tarde, você não irá postar seus textos no período da manhã, por exemplo.

 

3) Realize boas pesquisas

Ter boas fontes de pesquisa é muito importante para produzir um conteúdo de qualidade para internet. Procure sempre pesquisar em sites seguros e nunca recorra a informações inconsistentes.

Também é importante que você pesquise ao máximo, para que seu conteúdo seja original e personalizado de acordo com o objetivo da sua empresa.

 

4) Produza conteúdo rico

Para produzir um bom conteúdo para internet, não basta saber escrever. É preciso produzir algo útil, que supra as necessidades da sua persona e que trate as dores com eficiência. Um conteúdo rico é original e não deve ser composto por parágrafos sem informação.

A objetividade também é muito importante, afinal, ninguém gosta de ler um texto em que as informações importantes só aparecem no final. Aplicando essas estratégias, você terá um bom retorno, gerando melhores resultados.

 

5) Não produza textos muito densos

Textos muito densos não atraem os leitores, afinal, estamos acostumados a ler na correria do dia a dia. Desse modo, você deve preencher seu conteúdo adequadamente com:

  • Imagens
  • Ícones
  • Logos
  • Tabelas
  • Listas
  • Tópicos

Esses itens ajudam na legibilidade, pois eles quebram a densidade do texto e deixam o conteúdo mais fragmentado. Isso torna a leitura mais agradável e dinâmica.

 

6) Fique atento à escaneabilidade

A escaneabilidade (do inglês, scanning), refere-se à capacidade que temos de olhar para um texto e buscar os termos mais importantes. Assim, podemos compreender de que se trata o conteúdo apenas uma olhada.

A boa formatação de um texto é fundamental para uma boa escaneabilidade. Alinhar o texto a esquerda ajuda na hora de acompanhar a leitura e identificar o início e o fim das frases.

Além disso, o uso de subtítulos e do negrito podem ajudar consideravelmente o leitor. Afinal, eles nos permitem encontrar as palavras com mais facilidade, por estarem destacadas.

 

7) Formate bem o seu conteúdo

qualidade e a posição das imagens dentro do texto influenciam diretamente em uma boa formatação.

Elas devem ter uma boa definição, além de serem colocadas em locais estratégicos, para não quebrar o texto. Atente-se também à autoria e nunca copie imagens de outros sites sem ter permissão.

 

8) Sempre apresente conteúdo evergreen

O conteúdo evergreen é aquele que será sempre valioso. Diferentemente das notícias de jornal, o conteúdo evergreen não usa termos que podem ficar desatualizados.

Isso permite que as necessidades de seus leitores possam ser sempre atendidas, sem apresentar promoções com prazo de validade determinado, por exemplo.

 

9) Use corretamente as técnicas de SEO

O uso de palavras-chave e hiperlinks são fundamentais para um bom ranqueamento nos mecanismos de busca, como o Google. Mas é importante usá-los com cuidado, pois o excesso pode penalizar seu conteúdo.

Essas técnicas de SEO devem ser aplicadas naturalmente. Pensando nisso, uma boa dica para evitar a repetição da palavra-chave é o uso de sinônimos.

Quanto aos hiperlinks, nunca use-os sem a permissão de sites ou blogs alheios. Isso também pode penalizar sua indexação.

 

10) Renove os conteúdos produzidos sempre que necessário

É importante estar sempre revisando o seu site, pois essas regras são sempre atualizadas e pode ser que você encontre erros de formatação, de português, entre outros.

Então, emprenhe-se em corrigi-los, afinal, conteúdos evergreen são sempre atuais e precisam estar em boas condições para atrair seus leitores.

 

Produção própria ou produção terceirizada?

A produção de conteúdo para internet é ideal para se adequar seu negócio aos hábitos de consumo atuais. Contudo, essa atividade demanda tempo e uma equipe especializada. Nesse caso, terceirizar esse serviço pode ser interessante.

Uma produção própria é ideal para empresas que com menor volume de conteúdos. Para isso é necessário ter profissionais especializados, e alinhados à rotina da empresa.

Para empresas com maior demanda, terceirizar pode ser a melhor opção. Assim, você terá especialistas produzindo seu conteúdo, enquanto você usa esse tempo para realizar as demais tarefas.

 

Quer ver mais dicas? Então veja nosso conteúdo com os  5 erros principais cometidos nas produções de conteúdo para internet!